Nacional

Por 'crime de opinião' petroleiro depõe no MPF intimado por Sérgio Moro

Imprimir
Quarta, 14 Dezembro 2016
Acessos: 1078
Compartilhar

Nesta quarta-feira (14,) a partir das 14 horas, o diretor do Sindipetro-RJ e da Federação Nacional dos Petroleiros, Emanuel Cancella, irá prestar depoimento no Ministério Público Federal (MPF), em razão de uma intimação movida pelo juiz responsável pela Operação Lava Jato,  Sérgio Moro.

 

Coincidentemente, o fato ocorre às vésperas de lançamento do livro  "A Outra Face de Sérgio Moro - acobertando os tucanos e entregando a Petrobrás", de autoria de Cancella. A obra reúne uma série de artigos que denunciam os verdadeiros objetivos poíticos da Lava Jato, e que são publicados diariamente no blog do autor.

A intimação MPF nº 09/2016 (PR-RJ – 00080581/16), é datada de  09 de dezembro. A alegação justificada por Moro é “por crime contra a honra de Servidor Público Federal”.

Em solidariedade, ao dirigente sindical, vai ser realizada uma mobilização contra a censura, que volta a assombrar o Brasil, na porta do MPF, Rua Nilo Peçanha, 31, Centro do Rio Janeiro, no mesmo horário do depoimento.

Fonte: AEPET

Compartilhar

Copyright © 2017 Agência Petroleira de Notícias. Todos os direitos reservados.
Joomla! é um software livre com licença GNU/GPL v2.0

Av. Presidente Vargas, 502, 7º andar, Centro, Rio de Janeiro - RJ, CEP 20010-000 • (21) 2508-8878 Onlink.