Nacional

Com Parente, Petrobrás quer produzir menos. O motivo: venda de ativos

Imprimir
Segunda, 19 Setembro 2016
Acessos: 610
Compartilhar

O novo plano de negócios da Petrobras, previsto para o período 2017-2021, deve reduzir a meta de produção de petróleo no Brasil para 2020, avaliam analistas do setor ouvidos pelo jornal Valor Econômico.

 

A meta atual da estatal para daqui a quatro anos é de extrair 2,7 milhões de barris de petróleo por dia em campos nacionais. Os especialistas ouvidos acreditam que a redução da previsão deve ser pequena.

O motivo para a queda, de acordo esses especialistas, é o aumento do plano de venda de ativos da empresa, no Brasil e no exterior. A previsão é que o plano seja deliberado pelo conselho de administração da companhia nesta segunda-feira 19.

Em entrevista à imprensa recentemente, o presidente da Petrobras, Pedro Parente, indicou que uma eventual redução de investimentos na petroleira não prejudicaria necessariamente a curva de produção.

Neste fim de semana, a Associação dos Engenheiros da Petrobras (AEPET) divulgou uma carta aberta à sociedade brasileira, em crítica ao projeto de privatização que vem sendo colocado em marcha por Pedro Parente.

Reprodução: Brasil 247

Compartilhar

Copyright © 2017 Agência Petroleira de Notícias. Todos os direitos reservados.
Joomla! é um software livre com licença GNU/GPL v2.0

Av. Presidente Vargas, 502, 7º andar, Centro, Rio de Janeiro - RJ, CEP 20010-000 • (21) 2508-8878 Onlink.